Vai Malandra e o projeto CheckMate

Anitta finalmente encerrou o projeto CheckMate, projeto no qual ela divulgaria um clipe por mês e no qual deu muito certo. A cada nova música algumas peças de xadrez eram espalhadas por alguns estados e a cantora aparecia de surpresa em algumas lojas C&A.

A música que abriu o projeto foi Will I See You, sua primeira música em inglês e com a composição de Poo Bear. Fugindo totalmente do seu ritmo, a música tem uma pegada de bossa nova.

A segunda música foi Is That For Me, parceria com o sueco Alesso. A música foge ainda mais do que estamos acostumados ver a Anitta cantando, uma música totalmente eletrônica.

A terceira foi Dowtown, parceria com o J. Balvin. Nome que já estamos acostumados e inclusive os dois já tem uma música juntos (Ginza) e gravaram uma nova para o novo álbum do J. Balvin. Essa terceira fez com que os dois quebrassem vários recordes, tendo até divulgação na Times Square.

E o último, para encerrar o projeto. Vai Malandra, parceria com MC Zaac, Maejor, Yuri Martins e Tropkillaz. Levando a Anitta de volta a sua raiz, o funk.

O vídeo acaba de atingir a marca de 30 milhões de visualizações no YouTube. Lançado na segunda-feira (18). Só nas dez primeiras horas, foram 8 milhões de cliques e mais de 1 milhão de likes, um recorde para a estreia de um artista nacional na plataforma.

No Spotify, a música estreou direto no topo do ranking das “50 Mais Tocadas no Brasil” e ainda se tornou a primeira música na história a superar a barreira de um 1 milhão de streams em um dia na plataforma por aqui.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Os números expressivos também fizeram a canção estrear na parada global do serviço, feito inédito para um artista brasileiro! Vai Malandra se encontra na posição de número 19 e ainda impulsionou “Downtown” que atingiu seu pico até o momento, na 22ª colocação.

O vídeo causou algumas polêmicas e quebras de tabus em relação a exposição dos corpos das mulheres e também dos homens. E claro, a decisão da cantora de não retirarem suas celulites na edição do vídeo.

Ah! Vale lembrar que ela também foi confirmada como uma das atrações do palco mundo no Rock in Rio Lisboa em 2018 e no Brasil em 2019.

Então, o que você achou do projeto e das músicas?